Mudamos de Enderço

acesse www.sirmoore.com

Eclipse: Primeiro Trailer Oficial (Legendado) março 11, 2010

Filed under: Filmes — andrewssuliwhan @ 7:19 pm
Tags: , , ,

[ad code=6 align=center]

Veja o trailer do terceiro filme da série ‘Crepúsculo’: Eclipse.

O trailer mostra que Bella (Kristen Stewart) está dividida entre o amor de Edward Cullen (Robert Pattinson) e o do Jacob Black (Taylor Lautner).

Este será o primeiro filme da série lançado em IMAX.

Lançamento mundial está previsto para o dia 30 de junho de 2010!

Elenco: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Ashley Greene, Billy Burke, Peter Facinelli, Elizabeth Reaser, Nikki Reed, Kellan Lutz, Jackson Rathbone and Dakota Fanning.

[ad code=6 align=center]

[ad code=6 align=center]

[ad code=6 align=center]

Anúncios
 

Oscar 2010: Ganhadores! março 8, 2010

Filed under: Celebridades,Filmes,Televisão — andrewssuliwhan @ 2:20 am
Tags:

Lista completa com os ganhadores (e perdedores também) da 82º edição do Oscar! Cerimônia realizada no dia 07/03/2010 e apresentada pelos atores Steve Martin e Alec Baldwin.


Melhor filme:
“Avatar”
“Um sonho possível”
“Distrito 9”
“Educação”
“Guerra ao terror” – VENCEDOR
“Bastardos inglórios”
“Preciosa”
“Um homem sério”
“Up – Altas aventuras”
“Amor sem escalas”

Melhor direção:

James Cameron, “Avatar”
Kathryn Bigelow, “Guerra ao terror” – VENCEDOR
Quentin Tarantino, “Bastardos inglórios”
Lee Daniels, “Preciosa”
Jason Reitman, “Amor sem escalas”

Melhor atriz:
Sandra Bullock, “Um sonho possível” – VENCEDOR
Helen Mirren, “The last station”
Carey Mulligan, “Educação”
Gabourey Sidibe, “Preciosa”
Meryl Streep, “Julie & Julia”

Melhor ator:

Jeff Bridges, “Coração louco” – VENCEDOR
George Clooney, “Amor sem escalas”
Colin Firth, “A single man”
Morgan Freeman, “Invictus”
Jeremy Renner, “Guerra ao terror”

Melhor filme estrangeiro:
“Ajami” (Israel)
“O segredo dos seus olhos” (Argentina) – VENCEDOR
“A teta assustada” (Peru)
“Um profeta” (França)
“A fita branca” (Alemanha/Áustria)

Melhor edição (montagem):

“Avatar”
“Distrito 9”
“Guerra ao terror” – VENCEDOR
“Bastardos inglórios”
“Preciosa”

Melhor documentário:

“Burma VJ”
“The cove” – VENCEDOR
“Food, Inc.”
“The most dangerous man in America: Daniel Ellsberg and the Pentagon papers”
“Which way home”

Melhores efeitos visuais:
“Avatar” – VENCEDOR
“Distrito 9”
“Star trek”

Melhor trilha sonora:
“Avatar”
“O fantástico Sr. Raposo”
“Guerra ao terror”
“Sherlock Holmes”
“Up – Altas aventuras” – VENCEDOR

Melhor cinematografia (fotografia):

“Avatar” – VENCEDOR
“Harry Potter e o enigma do príncipe”
“Guerra ao terror”
“Bastardos inglórios”
“A fita branca”

Melhor mixagem de som:
“Avatar”
“Guerra ao terror” – VENCEDOR
“Bastardos inglórios”
“Star trek”
“Transformers: A vingança dos derrotados”

Melhor edição de som:
“Avatar”
“Guerra ao terror” – VENCEDOR
“Bastardos inglórios”
“Star trek”
“Up – Altas aventuras”

Melhor figurino:
“Bright star”
“Coco antes de Chanel”
“O mundo imaginário do Dr. Parnassus”
“Nine”
“The young Victoria” – VENCEDOR

Melhor direção de arte:

“Avatar” – VENCEDOR
“O mundo imaginário do Dr. Parnassus”
“Nine”
“Sherlock Holmes”
“The young Victoria”

Melhor atriz coadjuvante:

Penélope Cruz, “Nine”

Vera Farmiga, “Amor sem escalas”
Maggie Gyllenhaal, “Coração louco”
Anna Kendrick, “Amor sem escalas”
Mo’Nique, “Preciosa” – VENCEDOR

Melhor roteiro adaptado:

“Distrito 9”
“Educação”
“In the loop”
“Preciosa” – VENCEDOR
“Amor sem escalas”

Melhor maquiagem:

“Il Divo”
“Star trek” – VENCEDOR
“The young Victoria”

Melhor curta-metragem:

“The door”
“Instead of Abracadabra”
“Kavi”
“Miracle fish”
“The new tenants” – VENCEDOR

Melhor documentário em curta-metragem:

“China’s unnatural disaster: The tears of Sichuan province”
“The last campaign of governor Booth Gardner”
“The last truck: Closing of a GM Plant”
“Music by Prudence” – VENCEDOR
“Rabbit à la Berlin”

Melhor curta-metragem de animação:

“French roast”
“Granny O’Grimm’s Sleeping Beauty”
“The lady and reaper”
“Logorama” – VENCEDOR
“A matter of loaf and death”

Melhor roteiro original

“Guerra ao terror” – VENCEDOR
“Bastardos inglórios”
“The messenger”
“Um homem sério”
“Up – Altas aventuras”

Melhor canção:

“Almost there”, de “A princesa e o sapo”
“Down in New Orleans”, de “A princesa e o sapo”
“Loin de Paname”, de “Paris 36”
“Take it all”, de “Nine”
“The weary kind”, de “Coração louco” – VENCEDOR

Melhor animação:

“Coraline”
“O fantástico Sr. Raposo”
“A princesa e o sapo”
“O segredo de Kells”
“Up – Altas aventuras” – VENCEDOR

Melhor ator coadjuvante:

Matt Damon, “Invictus”
Woody Harrelson, “O mensageiro”
Christopher Plummer, “The last station”
Stanley Tucci, “Um olhar do paraíso”
Christoph Waltz, “Bastardos inglórios” – VENCEDOR

 

Cinema: “Assassinos Por Natureza” (Natural Born Killers) fevereiro 18, 2010

Filed under: Filmes — andrewssuliwhan @ 2:30 pm

Nascidos para matar – É incrível a sensação de acordar e não ter que ir trabalhar. Melhor ainda se você iniciar o dia com um ótimo filme. Foi isso o que eu fiz hoje, me deliciei pela manhã com “Assassinos Por Natureza” (Natural Born Killers – EUA – 1994), direção de Oliver Stone (“Alexandre”, “Torres Gêmeas”) e roteiro de Quentin Tarantino (“Kill Bill” 1 e 2, “Pulp Fiction”).

O filme nos apresenta Mickey e Mallory Knox, um casal de assassinos que cruza os EUA provocando chacinas por onde passam, e que são transformados pela mídia em ícones televisivos. A crítica quanto à atitude da imprensa diante de situações de extrema violência, usando do sensacionalismo para obter audiência, é corrosiva. O visual surreal, nos mostra o mundo do jeito de Mick e Mal o enxerga: misto com suas alucinações e memórias confusas e perturbadas. A grande questão é: (more…)

 

Avril Lavigne lança single que fará parte da trilha de filme de Tim Burton fevereiro 17, 2010

Filed under: Filmes,Música — andrewssuliwhan @ 10:46 pm
Tags: , , ,

Hoje foi lançado o clip da música ‘Alice (underground)’, da cantora canadense Avril Lavigne, 25 (clip no final deste post).

Essa música estará presente no seu quarto cd e irá fazer parte da trilha sonora do filme “Alice in Wonderland”, do diretor Tim Burton, e no álbum desse longa chamado ‘Almost Alice’.

A estréia do filme está programada para o dia (more…)

 

Cinema: Lobisomem (The Wolfman) fevereiro 15, 2010



LICANTROPIA CINEMATOGRÁFICA



Acabei de chegar do cinema, onde assisti “Lobisomem” (The Wolfman/ 2010) e ainda estou encantada com a maneira como o filme é conduzido. Com um elenco muito bem selecionado, o diretor Joe Johnston, criou uma atmosfera emocionante, dando ao monstrengo algo mais do que cenas de susto e violência gratuita. O filme é permeado de dramas pessoais, que são desenvolvidos no decorrer da trama e de um clima de suspense que nos mantêm fixos na cadeira e de olho na tela.

Nesse remake, do clássico de terror da década de 40, de mesmo título, a idéia é mostrar o retorno de Lawrence Talbot (Benício Del Toro -”Sin City”) à sua casa, devido ao desaparecimento de seu irmão caçula; seu retorno coincide com os ataques de uma “besta sobrehumana” (sempre quis falar isso!), que desencadeia uma série de fatos relacionados à sua família. O filme conta também com Anthony Hopkins (“O Silêncio dos Inocentes”), Hugo Weaving (Agente Smith, da Trilogia “Matrix”) e a belíssima Emily Blunt (“O Diabo Veste Prada”).

O clima sombrio que ronda o filme torna a atmosfera muito mais propensa aos sustos e as surpresas. A partir do momento que você se deixa levar pela fantasia o filme se transforma em uma grande aventura. Há momentos em que se assemelha ao clássico “A Bela e a Fera”, por conta do romance existente entre as personagens de Del Toro e Blunt, mas (ao menos para mim) isso não é nada que atrapalhe o andamento da história, afinal, as sequências de ataque são brutais, cheias de sangue e mutilações (a sensação de sangue voando na tela é maravilhosa).

A maquiagem – PERFEITA – fica a cargo de Rick Baker, conhecido por também ter feito a maquiagem de “Thriller” de Michael Jackson; e a trilha, é composta por Danny Elfman, ex-líder da banda da década de 80 “Oingo Boingo” e parceiro de Tim Burton, nas trilhas de seus filmes (“A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça”, “Noiva Cadáver”).

O filme peca em sua edição. Não que ela seja ruim, pelo contrário, mas o excesso de cortes, acelera demais a produção e deixa a desejar no desenvolvimento da trama; resta esperar uma edição estendida em seu lançamento em DVD.

Se você procura uma boa aventura para relaxar no feriado, fica a indicação.

Até o próximo filme!



<p><p><p><br /> </p></p></p>

 

Cinema: Zumbilâdia – Uma Comédia de Matar fevereiro 13, 2010

Há algo mais comum do que filmes de zumbis?

A resposta é não!

Então, o que há de tão fantástico em “Zumbilândia” (Zombiland – Estados Unidos/2009)?

Para mim (fã confessa de zombie movies) é simples explicar: carnificina e aventura com doses máximas de diversão.
Para vocês entenderem melhor ao vai um ‘resumão’:

Columbos (Jesse Eisenberg do desconhecido, mas ótimo “Adventureland”, lançado por aqui com o medonho título de “Férias Frustradas de Verão”) é o cara que cansado de ataques de mortos-vivos, num mundo dominado por zumbis, cria uma série de regras de sobrevivência e em certo momento cruza com Tallhahasse (Woody Harrelson, do recém “2012”), um andarilho que não tem medo de nada. O elenco ainda conta com a fofa Emma Stone (Superbad/2007), Abigail Breslin (a eterna Miss Sunshine) e Bill Murray ( não sabe quem é? Joga no google), como ele mesmo, em atuação impagável.

Ruben Fleischer – o diretor – acerta em usar as regras de Columbus como apoio pra criar a dinâmica de suas cenas. Para quem é estreante, o cara mandou muito bem e fez um filme clichê (sim isto foi um elogio!!!) recheado de bons momentos.

DICA: A cena inicial é ótima, pois além de ter uma trilha FODA, é em slow motion, e cheia de ação. E por falar em trilha, esta é uma boa pedida pra quem é fã de boa música, tendo de Metallica (a melhor banda do mundo) à Willie Nelson (se não sabe quem é, joga no Google de novo!).

Um bom filme pra um feriadão, pra quem (como eu) detesta essa manifestação aborígene chamada carnaval, e se delicia com comédias simples: pois é isso o que “Zumbilândia” é: um poço de despretensão, simples e puro entretenimento, sem ser descerebrado. E se vocês gostarem, fiquem felizes, pois segundo os roteiristas, vem aí uma sequência, em 3D.

Até o próximo filme!